site

Coluna - 25/10

25/out
Coluna - 25/10

Fala, torcida mais espetacular do Brasil.

Uma galera me acusou de zicar o time, dizendo que sempre que essa coluna sai antes dos jogos dá azar.

Fiquei preocupado e em dúvida se escreveria a de hoje.

Falei sobre esse receio pro meu chefe e ele gargalhou. Disse pra eu parar de ser besta, que qualquer pessoa inteligente e racional saberia qual a decisão óbvia a se tomar.

Aí me levou numa rezadeira.

Garantiram que estou benzido, então, se der zica não me culpem, liguem para o SAC da Mãe Zumbrela Trabalhos & Amarrações LTDA.

Outro profissional de gabarito que procurei essa semana foi um médico. Queria saber se estava tudo bem pra eu participar da Corrida Tríplice.

Ele pediu um exame cardíaco. Mostrei meu ingresso de Fortaleza x Grêmio e foi o suficiente para o doutor me dar um laudo de coração de aço.

Falando em Tríplice, viram a nova camisa?

De longe ela parece bonita, mas de perto parece que ela está a Km’s de distância.

Vesti assim que comprei e fiquei triste quando precisei tirar pra lavar, mas segundo minha mãe, usar a mesma roupa por uma semana não pega (nem cheira) bem.

Mas em mim não deu cecê, não. Mérito do Desodorante do Leão que eu uso, o que nunca fica vencido.

Nos convidaram para criar uma campanha sobre a biometria pro TRE. Quem não cadastrar até o dia 29/11 perde o título de eleitor.

Como você sabe que tricolor sem título não combina, vá logo fazer o cadastro da sua digital.

Rogério Ceni, por exemplo, já gravou a dele.

Está em nossas maiores taças.

Pra terminar, deixei pra falar do Outubro Rosa na última sexta do mês porque é quando o assunto começa a ser esquecido, e é justamente isso que não pode acontecer.

O cuidado com a saúde deve ser lembrado sempre, e não só em um mês.

Com o Novembro Azul acontece o mesmo.

O câncer de próstata é o segundo que mais mata homens no Brasil, principalmente por causa de um preconceito bobo que faz com que os marmanjos não procurem o exame preventivo.

Por isso, bandiômi besta, vamos ter consciência e lembrar que exame de próstata é igual à eleição com biometria que falei acima: a diferença entre saúde e a doença, a vida e a morte, o futuro e o nada, pode estar num dedo