site

A fachada do Pici amanheceu danificada. Alguém sabe o que aconteceu?

25/nov
A fachada do Pici amanheceu danificada. Alguém sabe o que aconteceu?

Uma foto da fachada da sede do Fortaleza Esporte Clube com as letras “O”, “A” e “B” faltando foi postada nas redes sociais do clube pela manhã e fez muitos torcedores pensarem no que poderia ter ocorrido para que isso tivesse sido feito.

A ação foi pensada pelo marketing tricolor para homenagear o Dia do Doador de Sangue e reforçar a campanha “Placar do Bem”, que acontece desde julho em parceria com o Instituto Pró-Hemoce, e visa conscientizar a população e aumentar o número de doadores voluntários regulares de sangue nos postos de coleta do Hemoce.

“O clube tem uma função social muito relevante. E toda a equipe de marketing do clube tem consciência disso. Temos a obrigação de gerar receita e também de despertar generosidade, paz e alegria. O desafio é fazer isso sempre com criatividade, para ganhar destaque em meio à avalanche de informações de que dispomos hoje. Creio que conseguimos”, destaca Marcel Pinheiro, diretor de marketing do Fortaleza.

"O Instituto Pró-Hemoce (IPH) entrou em contato com o Fortaleza para realizar a Campanha Placar do Bem, porque entende que o futebol, por ser uma paixão nacional, e por atingir todos os tipos de pessoas, consegue aproximar e impactar ainda mais gente para doar sangue e se cadastrar como doador de medula. Essa é a principal causa do nosso Instituto, conscientizar as pessoas que uma doação realmente pode salvar vidas e que precisamos aumentar a quantidade de doadores regulares no Brasil, hoje, apenas 3,6 milhões de pessoas são doadoras em uma população de 210 milhões no nosso país. Então é muito importante pra gente ter um clube como o Fortaleza ao nosso lado nessa causa".  Evandro Castro e Silva, Diretor Executivo do IPH.

Campanha Placar do Bem

Durante toda a sequência da Série A do Brasileirão, Ceará e Fortaleza estarão fazendo menções à campanha, seja com visitas de atletas dos clubes aos postos de coleta e ao Hemoce, ações através das redes sociais, coletas externas nas sedes dos clubes ou campanhas durante as partidas.

Ao fim da disputa nacional, o Instituto irá divulgar o número total de doações realizadas. É importante que, ao fazer a doação, o voluntário informe qual o time do seu coração.